uol.com.br

Idosos saem mais de casa; razão passa por tecnologia e sobrevivência social

Desde que a pandemia da Covid-19 aterrissou no Brasil, o Instituto Locomotiva conduziu um conjunto de pesquisas sobre os impactos da doença na vida dos brasileiros.

Idosos saem mais de casa; razão passa por tecnologia e sobrevivência social

Uma delas, em parceria com a Dotz, envolveu 5.872 pessoas maiores de 18 anos e teve como objetivo mapear o comportamento frente à necessidade de se isolar e ficar em casa.

Categorizamos os entrevistados em adultos saudáveis, adultos de risco (portadores de doenças que aumentam as chances de morrer de Covid-19), idosos saudáveis e idosos de risco (relativo a doenças pré-existentes, ainda que saibamos, do ponto de vista clínico, que todos os idosos são de risco).

Veja o artigo original
Formulário de Contato